A POSSIBILIDADE DA CONTRA-INFORMAÇÃO NA SOCIEDADE CAPITALISTA (ANÁLISE DE CASO DA RÁDIO LIVRE PAULICÉIA)

Dissertação defendida em maio de 1993 na Faculdade de Educação da Universidade Metodista de Piracicaba – Unimep. Baixe agora (78,7 Kbytes)

A importância que o rádio desempenha na sociedade motivou a elaboração desta dissertação que resgata a discussão sobre a possibilidade da contra-informação na sociedade capitalista. Neste sentido, a análise do papel do Estado Burguês é o ponto de partida deste trabalho.

A formação do Estado brasileiro também foi objeto de verificação desta monografia, uma vez que o rádio, como meio de comunicação só seria tratado em relação a ele. Detectada a evolução desse Estado, descreveu-se, analiticamente, o processo de implantação e implementação do sistema radiofônico no país e o papel deste meio de comunicação enquanto agente preservador dos interesses estatais. Levantou-se a função que as rádios livres ou comunitárias têm desempenhado na sociedade, analisando-se mais de perto a Rádio Livre e Comunitária da Paulicéia, do município de Piracicaba, como uma experiência concreta desse estilo radiofônico.

Alguns tópicos concludentes foram levantados: independente de seu fechamento, a Rádio Livre Paulicéia representou um fato de expressão social, pois ajudou a ampliar a visão política da comunidade, na medida em que notícias que não são devidamente divulgadas pela chamada grande imprensa, passaram a ser de conhecimento público. Contribuiu também para estreitar as relações inter-bairros em proporções significativas. Mostrou-se como uma tentativa bastante séria de comunicação alternativa, chegando inclusive a influenciar na programação de algumas emissoras convencionais da cidade. Representou ainda um grande estímulo às organizações que lutam por rádios livres em todo país.

O Estado usa o rádio como meio de persuasão ideológica com certa eficiência, pois limita à expansão desse veículo através das concessões. O conteúdo veiculado pelas emissoras também impede o acesso do receptor a muitos importantes acontecimentos sociais.

Apesar de todas as dificuldades impostas, principalmente pelo Estado, parece viável a tentativa de criação de um sistema de rádio alternativo, embora isto implique em uma luta cujos resultados só chegarão a médio e longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *